Padastro é mais que um pai no comercial do Boticário. E aí?

Boticário, mais uma vez soube representar a realidade de famílias brasileiras em suas propagandas. Depois do comercial de Dia dos Namorados, bem polêmico que marcou o país no ano passado, agora a marca vai encher os nossos olhos de lágrimas ao retratar a relação entre um padrasto e sua enteada em seu mais recente comercial para o Dia dos Pais.
Na peça, que foi ao ar durante o intervalo do Fantástico para promover a fragrância ZAAD, uma garota parece um pouco resistente ao seu padrasto, até que uma atitude muda todo o contexto.
Assista ao comercial:

Eu achei muito interessante e você?



Ser pai na era digital

Filhos conectados, pais preocupados, relação em constante desafio.

Conectar é preciso. Essa é uma frase muito usada pelos jovens da nova geração que passam a maior parte do tempo navegando na internet e interagindo em suas redes sociais. E o número de conectados só vem crescendo... O estudo Digital in 2016, realizado pela agência We Are Social, demonstrou que 46% de todas as pessoas do mundo têm acesso à internet, o que representa 3,4 bilhões de usuários conectados. 

E esse número vem mudando a cada dia que passa, pois diversas pessoas possuem um tipo de dispositivo com o qual se conecta. De 2014 para 2015, a conexão via computador caiu 9%, enquanto que via mobile cresceu 21%. Mas, como lidar com essa tecnologia e acompanhar os filhos nessa evolução?

De acordo com Leonardo Bortoletto, especialista em inteligência digital e presidente executivo da Sucesu Minas, pai de duas crianças de 3 e 6 anos, a tecnologia é mais fácil de ser assimilada para quem nasceu inserida nela e com maior dependência de todas as suas facilidades. “Ser pai na era digital é uma tarefa difícil, porque você precisa se adaptar às novas tecnologias para estar mais perto dos filhos, até mesmo para monitorá-los”, explica.

Para o especialista, a internet, muitas vezes, não é bem vista pelos pais por acreditarem mais nas coisas ruins que boas que a ferramenta oferece. “A tecnologia veio para evoluir as relações humanas, mas, ela também pode transparecer que é prejudicial devido ao excesso de conteúdo e a dependência do mesmo. Mas, existe aquele pai que ao invés de reprimir o uso, resolveu se inserir nesse novo ambiente. Essa é uma saída inteligente.”, conta.

Pai no digital

Foi o que fez o artista plástico Glauco Morais, pai de Marcos, 16 anos, que está na fase de transição da adolescência para a juventude. “Nessa idade, o controle é difícil. Ele quer a liberdade de sair com os amigos e passar horas conectado pelo celular. Para não ser um pai chato, resolvi participar disto também. Ele sempre me avisa quando irá chegar e com quem irá a uma determinada festa ou lugar, sempre pelo Whatsapp. Além disso, consigo monitorar até o horário que ele entrou na internet, mas sem ser invasivo, sempre com cuidado de pai e muito diálogo”, conta ele.

Já o fisioterapeuta Rogério Celso Ferreira, sócio e diretor clínico da Fisior Hidroterapia, acredita que a orientação sobre como usar as ferramentas tecnológicas é o melhor caminho para lidar com os filhos. Com duas adolescentes em casa, Laura e Nathalia, 16 e 15 anos, ele acredita que não dá para ignorar o uso da internet e que é preciso usá-la como aliada.

“Desde que minhas filhas passaram a usar celular, computador e tablet sempre conversamos muito sobre os riscos da exposição nas redes sociais. Por meio do exemplo, tento mostrar o caminho a ser seguido. Quando vejo algo inadequado comento e mostro para elas entenderem o que pode acontecer, as consequências dos atos. Não acredito em proibição, isso não funciona. O diálogo é a melhor forma de estabelecer as regras. Muitas vezes, pela imaturidade, elas extrapolam o horário de uso da tecnologia e deixam de fazer algo importante. Nesse caso, sentamos e conversamos. Mas, elas são bem tranquilas nesse sentido e atentas”, completa Rogério.  

Ainda segundo Leonardo Bortoletto, o diálogo e algumas regras podem resolver o problema, pois os riscos existem e quando acontecem já pode ser tarde demais. “Quando se trata de jovens, a conversa funciona bem. Já com as crianças, as regras são as melhores alternativas. E a dica é sempre monitorar tudo, as páginas das redes sociais, os amigos e as postagens, porque estes lugares deixam rastros fáceis de serem identificados”, finaliza Bortoletto.

Jornalistas responsáveis: Marianna Moreira e Patrícia Prates

Bita faz visita à Ri Happy do Shopping Cidade São Paulo


Os pequenos vão amar a novidade do Mundo Bita! Os novos brinquedos Mundi Toys do personagem estão chegando na Ri Happy do Shopping Cidade São Paulo.

Em comemoração, o próprio Bita estará presente na loja, neste domingo, 24 de julho! O amigão da garotada convida a todos para uma sessão de fotos e muitas brincadeiras com toda a família.



O Bita estará presente na loja, que fica no 1º piso do shopping, entre as 13h30 e 16h!

Shopping Cidade São Paulo
Av. Paulista, 1230 - Bela Vista, São Paulo


As crianças vão adorar! Aproveitem e faça a alegria da criançada ;)

Quem vai?




Turma de “A Era do Gelo: O Big Bang” invade o McDonald’s!




A nova campanha do McLanche Feliz tem como inspiração os divertidos personagens do filme “A Era do Gelo: O Big Bang”. 

A quinta trama da franquia gira em torno da épica perseguição de Scrat a uma noz. Doze brinquedos inspirados nos personagens dessa aventura estarão disponíveis, a partir do dia 29 deste mês, em todos os restaurantes McDonald’s.

“Essa campanha do McLanche Feliz tem tudo para agradar as diversas gerações de fãs da série ‘A Era do Gelo’, com brinquedos que vão trazer mais diversão para as famílias e para todos aqueles que adoram Sid, Manny, Scrat e companhia”, comenta João Branco, Diretor de Marketing do McDonald’s no Brasil. 


Conheça as funcionalidades de cada um desses brinquedos:      
                                                 
Scrat: ao encaixá-lo em seu dedo e pressioná-lo para baixo, você verá uma luz azul surgir no peito desse esquilo travesso.

Manny: ele suga e borrifa água quando o botão nas costas do brinquedo é pressionado.

Diego: esse tigre é sorridente! Acione o botão no peito dele e pressione o dente-de-sabre para baixo para ele gargalhar.



 
Sid: faça picolés no formato desse divertido bicho-preguiça!
 
Buck: ao encaixá-lo em seu dedo e pressioná-lo para baixo, Buck acende uma luz que troca de cor.
 
Eddie e Crash:ao apertar o botão, os dois gambás irmãos fazem um incrível arremesso!
 
Llhama: ela aspira água pela boca e a borrifa quando o botão nas costas do brinquedo é pressionado .
 
Manny formato picolé: crie saborosos picolés no formato do líder do grupo, o mamute Manny.
 
Scrat Nave Espacial: em uma superfície lisa, puxe a nave do esquilo para trás e ao soltá-la, ela sairá rapidamente em ziguezague.
 
Diego Saltador: flexione a parte traseira do tigre dente-de-sabre e ele irá saltar para frente.
 
Buck Lançador: encaixe uma vareta na base do suricato e ao puxá-la, uma hélice sai girando para cima.
 
Sid e Brookefaça esse romântico casal de bichos-preguiça dançar junto!


Veja o Thailer Oficial abaixo, só clicar:




Sobre o filme

'A Era do Gelo: O Big Bang' conta a história de uma catástrofe cósmica, ocorrida por uma trapalhada de Scrat e que ameaça a vida na Terra, de modo a obrigar Manny, Diego, Sid e outros a deixarem seus lares. Título original: Ice Age: Collision Course; Distribuidor: Fox. O filme estreou no dia 7 de julho nos cinemas. 



O que achou dos brinquedos? E o filme já assistiram?



Entrevista com Paulo Albuquerque da Agência Max Fama



A Max Fama é uma agência diferenciada mesmo. Por exemplo, eles colocam em primeiro lugar a criança e a mamãe e/ou o papai, honrando os compromissos firmados (o que, por incrível que pareça, não é comum no mercado), tendo uma rede muito ampla de relacionamento com marcas e eventos, captando muitos trabalhos para todo o seu casting. Veja a entrevista com o dono da Max Fama e links abaixo.







Amor de Papai: Como resolveu abrir o MaxFama?

Paulo Albuquerque: A Tess Models foi fundada pela Dona Flora Albuquerque, minha mãe, no ano de 2002.
Atendendo a uma necessidade do mercado, de oferecer qualidade, agilidade e profissionalismos tanto para o modelos quanto para o cliente.
Em 2007, com a sua falta, assumi a diretoria da empresa e criei a Max Fama.

Amor de Papai: Qual a sua diferença para os outros gestores deste segmento?

Paulo Albuquerque: Empreendedorismo. Acredito que a essa seja a nossa maior qualidade. Temos um sistema próprio, o Maxsystem, que armazena os modelos e facilita a busca, assim que recebemos o briefing do cliente.  
Contamos também com um aplicativo próprio.
Prezamos pela qualidade do processo, desde a seleção dos modelos, até o seu pagamento. Esse talvez seja outro grande diferencial da agência, pois os caches são pagos pontualmente em um curto espaço de tempo.

Amor de Papai: Como funciona a escolha das crianças?

Paulo Albuquerque: As crianças passam por uma avaliação com o produtor de casting. A partir daí, o produtor verá quais são as suas aptidões e o encaminhará para o segmento que aproveitará mais o seu perfil.

Amor de Papai: Qual é o diferencial da Max Fama?

Paulo Albuquerque: A estrutura. Além dos estúdios equipados com tecnologia de ponta, temos também um laboratório com profissionais que ficam responsáveis pelo tratamento, departamento de marketing, SAC e direção de arte.
Nosso staff também é grande, temos produção de moda, cabelo e maquiagem, ao todo são 200 funcionários.

Nos especializamos também na produção de desfiles de moda, seguem alguns links para que conheçam melhor esse diferencial






Max Fama


Nesse universo da moda devemos tomar muito cuidado, procurando profissionais e agências sérias, como a Max fama. Vou inscrever o Benjamin Belfort, já pensou o nosso Ben em capas de revistas, rsrsrs...

O que achou da matéria?